Arquivo de etiquetas: comportamento

Chuta que é macumba? Ou despacha que é Exú?

Nossa, as pessoas hoje em dia se estressam com tudo. Dias desses, um carinha do aplicativo de – coloquemos assim 😂😂 – “paquera” que participo, que deu match, mas nunca nem mandou um “oi, tudo bem?”, depois de semanas no limbo da listinha de combinações, me mandou um recado assim: “acordei com vontade de fuder”. Aí, eu respondi: “vai indo se fuder na frente”. E o caro ficou bravo! Oxi, a galera não tem mais espírito esportivo, porque já dizia o sábio que não sei quem é: “quem diz o quer, ouve o que não quer!”. Eu sou muito adepta dessa ideia, porque, agora, mais do que nunca, comigo é assim, falou, levou! Nem que não queira, minha boca anda tendo vida própria e depois fico sozinha lembrando de cada tarracada que dou, e tenho orgulho de ser linguaruda. Tenho uma boca, uma voz, meu ouvido funciona bem e não é penico, então, falou, levou! Aliás, esse mundo de aplicativos é cada um, que ainda faço um compilado com as maiores raridades – coloquemos assim 😂😂😂 – e publico aqui. E vocês, responderiam o que ao convite do cavalheiro que acordou querendo? 😝😁💤

Enquete: É match? É furada? É zica? Ou chuta que é macumba?

Anúncios

Sofro bullying por morar em Perdizes (com base em longas e seríssimas pesquisas de campo)!

Sofro bullying por morar em Perdizes, dito bairro nobre de SP, e fiz um estudo de campo antropológico para poder afirmar isso! Aqui vão os resultados de minha análise. Quando estou num papo com o peguete em potencial, a conversa segue assim:

Peguete em potencial: Oi, tudo bem?

🙋🏻: Oi. Tudo bem e vc?

PEP: Tudo bem tb.

10 dias depois… 💤💤💤💤💤

PEP: TC de onde?

🙋🏻: Perdizes. E vc?

PEP: (escreva aqui qualquer bairro da zona leste ou Norte), conhece?

Para concluir meus estudos, resolvi mudar meu bairro, por um dito menos nobre. Observe o fenômeno:

Peguete em potencial: Oi, tudo bem?
🙋🏻: Oi. Tudo bem e vc?
PEP: Tudo bem tb.
10 dias depois… 💤💤💤💤💤
PEP: TC de onde?
🙋🏻: Santa Cecília. E vc?
PEP: (escreva aqui qualquer bairro)

Impossível não ficar mais claro do que isso! Agora, estou com um novo estudo antropológico de campo em curso. Como este ainda está em andamento, não tenho resultados conclusivos para compartilhar com você, mas já posso dividir a primeira etapa da análise:

Peguete em potencial: Oi, tudo bem?
🙋🏻: Oi. Tudo bem e vc?
PEP: Tudo bem tb.
10 dias depois… 💤💤💤💤💤
PEP: TC de onde?
🙋🏻: Perdizes. E vc?
PEP: (escreva aqui qualquer bairro da zona leste ou Norte), conhece?
🙋🏻: Moro em Perdizes, conhece?
PEP: 💤💤💤💤💤💤💤💤💤💤💤💤

PS: Afirmo isso com a certeza de quem fez uma pesquisa de campo com algumas pessoas e isso representa a humanidade, uma vez que sigo o exemplo de empresas como Ibope, DataFolha e afins que entrevistam 100 pessoas e isso representa o Brasil. Então, minha pesquisa é 💯% verídica! 😂😂😂😂😂 🙋🏻👏🏻

Enquete: você conhece a Lua? Plutão, já ouviu falar? Vênus, já foi?