Arquivo de etiquetas: Crônicas

Às favas com essa porra de príncipe encantado!

Como quase sempre e, apesar dos mais de 300 canais da TV a cabo, não tinha porra nenhuma para ver na TV domingo. Depois de pedalar mais de quatro horas por SP, em um calor da desgraça de 33*C, só queria ver TV pra embalar meu sono e descansar as pernas. Mas como não tinha porra nenhuma, resolvi ver um filme idiota de amor com príncipe e plebeia. Aí entendi porque sou uma solteira convicta e não procuro nem quero encontrar um príncipe encantado para chamar de meu! A besta da menina se apaixona pelo príncipe, sem saber que o cara é da realeza. Ela americana e espontânea e ele, europeu e nobre. Aí ele leva a ogra da menina pra conhecer sua família na casa real e sua mãe se une a sua ex-peguete, que é duquesa ou algo assim, para sabotar o romance do nobre com a americana ogra! Até aí, nada demais! O mesmo clichê de sempre! Até que o príncipe chama sua amada para dançar, a ex se mete e rouba ele, a americana plebeia se afasta e vai até a cozinha desabafar com seus amigos criados e quando volta vê o bofe super animadinho confraternizando com a ex nobre! Seus olhos se enchem de lágrimas e ela vai embora com a certeza que lá não é seu lugar, que seu príncipe merece uma nobre e não ela! Aí me pego reclamando: “porra de mina idiota! O cara não está apaixonado por ela, não levou ela até a porra do palácio, então vai lá, faz um barraco, põe ele no seu devido lugar e fala: ‘se era pra ficar escurnaquiando com sua ex, por que diabos me trouxe aqui?'”. Mas aí, no filme, ele vai atrás dela, diz que a ama e que vai protegê-la e a pede em casamento! Ela, muito magnânima, diz que ele merece alguém do mesmo nível dele e, que obviamente, não é ela! Mas que porra é essa? Aí percebi que ela fez todo esse cu doce, toda essa cena mela cueca pro cara ir atrás dela achando que precisa defendê-la das pessoas malvadas do mundo! Tem dó né! Fala sério!  Se o cara gosta dela a ponto de levá-la para conhecer sua família e ainda a pede em casamento, por que todo esse chororô? Falta de autoestima, muita masturbação sentimental! Não dormi e fiquei com raiva do filme! Até quando as mulheres serão representadas por personagens idiotas que se fazem de pobres coitadas para que os idiotas dos príncipes encantados pensem que elas precisam deles para as salvarem? Cadê uma personagem inteligente, forte e que, se está com um homem ao seu lado, é porque gosta dele e não porque precisa dele! Está cada vez mais difícil me alienar do mundo! Ainda bem! 😎🙋🏻❤️🙋🏻

Enquete: esse príncipe é idiota, a mina é abobada ou essa porra de filme não deveria nem existir?

Anúncios

Chuta que é macumba? Ou despacha que é Exú?

Nossa, as pessoas hoje em dia se estressam com tudo. Dias desses, um carinha do aplicativo de – coloquemos assim 😂😂 – “paquera” que participo, que deu match, mas nunca nem mandou um “oi, tudo bem?”, depois de semanas no limbo da listinha de combinações, me mandou um recado assim: “acordei com vontade de fuder”. Aí, eu respondi: “vai indo se fuder na frente”. E o caro ficou bravo! Oxi, a galera não tem mais espírito esportivo, porque já dizia o sábio que não sei quem é: “quem diz o quer, ouve o que não quer!”. Eu sou muito adepta dessa ideia, porque, agora, mais do que nunca, comigo é assim, falou, levou! Nem que não queira, minha boca anda tendo vida própria e depois fico sozinha lembrando de cada tarracada que dou, e tenho orgulho de ser linguaruda. Tenho uma boca, uma voz, meu ouvido funciona bem e não é penico, então, falou, levou! Aliás, esse mundo de aplicativos é cada um, que ainda faço um compilado com as maiores raridades – coloquemos assim 😂😂😂 – e publico aqui. E vocês, responderiam o que ao convite do cavalheiro que acordou querendo? 😝😁💤

Enquete: É match? É furada? É zica? Ou chuta que é macumba?

Encontrei o grande amor da minha vida! ❤️❤️❤️

Daí, eu acordo de manhã e dou de cara com a pessoa que mais amo na vida! Quem diria que o grande amor da minha existência sempre esteve ao meu lado e nunca percebi. Anos e mais anos procurando, me perdendo nos braços de tantos desconhecidos, chorando por amores falsos, promessas vazias enquanto o grande amor da minha vida me acompanhava calado, pacientemente silencioso à espera de um olhar, um algo a mais! Quem pode, realmente, olhar nos olhos desse outro e dizer: você é o amor da minha vida? Agora eu posso! Acordo todos os dias, olho bem dentro dos meus olhos, pelo intermédio de um espelho que reflete, finalmente, minha alma plena, e digo, com muito orgulho para mim mesma: você é o amor da minha vida, meu maior e único amor e tenho orgulho de te ter para sempre ao meu lado! Quem pode dizer o mesmo com toda essa certeza? 🙋🏻❤️🙋🏻

Enquete: eu me amo; eu me amo muito; eu me amo mais do que tudo?

Sofro bullying por morar em Perdizes (com base em longas e seríssimas pesquisas de campo)!

Sofro bullying por morar em Perdizes, dito bairro nobre de SP, e fiz um estudo de campo antropológico para poder afirmar isso! Aqui vão os resultados de minha análise. Quando estou num papo com o peguete em potencial, a conversa segue assim:

Peguete em potencial: Oi, tudo bem?

🙋🏻: Oi. Tudo bem e vc?

PEP: Tudo bem tb.

10 dias depois… 💤💤💤💤💤

PEP: TC de onde?

🙋🏻: Perdizes. E vc?

PEP: (escreva aqui qualquer bairro da zona leste ou Norte), conhece?

Para concluir meus estudos, resolvi mudar meu bairro, por um dito menos nobre. Observe o fenômeno:

Peguete em potencial: Oi, tudo bem?
🙋🏻: Oi. Tudo bem e vc?
PEP: Tudo bem tb.
10 dias depois… 💤💤💤💤💤
PEP: TC de onde?
🙋🏻: Santa Cecília. E vc?
PEP: (escreva aqui qualquer bairro)

Impossível não ficar mais claro do que isso! Agora, estou com um novo estudo antropológico de campo em curso. Como este ainda está em andamento, não tenho resultados conclusivos para compartilhar com você, mas já posso dividir a primeira etapa da análise:

Peguete em potencial: Oi, tudo bem?
🙋🏻: Oi. Tudo bem e vc?
PEP: Tudo bem tb.
10 dias depois… 💤💤💤💤💤
PEP: TC de onde?
🙋🏻: Perdizes. E vc?
PEP: (escreva aqui qualquer bairro da zona leste ou Norte), conhece?
🙋🏻: Moro em Perdizes, conhece?
PEP: 💤💤💤💤💤💤💤💤💤💤💤💤

PS: Afirmo isso com a certeza de quem fez uma pesquisa de campo com algumas pessoas e isso representa a humanidade, uma vez que sigo o exemplo de empresas como Ibope, DataFolha e afins que entrevistam 100 pessoas e isso representa o Brasil. Então, minha pesquisa é 💯% verídica! 😂😂😂😂😂 🙋🏻👏🏻

Enquete: você conhece a Lua? Plutão, já ouviu falar? Vênus, já foi?

O corretor automático tem vida própria, isso tem!! 

Se existe algo que define o mal da humanidade contemporânea é o corretor automático. Daqui a pouco, se já não existe uma pesquisa, alguma faculdade na Inglaterra ou Estados Unidos vai fazer um estudo mostrando como o estresse está relacionado às bobagens que o corretor nos impinge. Você escreve um puta texto esculhambando um cara idiota que não sabe escrever, e o corretor te trai. Quando vc relê, até sente as letrinhas  do corretor formando uma boca que fica rindo aos cântaros da sua cara. Você quer ser culta e usar palavras refinadas, esquece, porque tudo vira uma massa estranha que parece que foi escrita em esperanto. Palavras de outros idiomas, gírias, diminutivos, nada passa desapercebido ao corretor que insiste em ser automático e sintomático. Com certeza, deve existir um jeito de mudar isso, mas, ainda assim, acho que o corretor tem vida própria. Saca o Hall 9000, em “2001, Uma Odisseia no Espaço”? (se não saca, vai dar um Google!). 😒😤👀💻📝🔍💱

Enquete: suas três contentes; me anime; jabuti chef mói? 

Ser humano tipo tia velha, conhece?

Nos menus estudos antropológicos pela vida, cheguei à conclusão que existe uma classe de ser humano que tem alma de tia velha. Explico. Normalmente é essa parente que faz as perguntas mais desconectadas da face da terra, responsável, entre outras pérolas, por apelidar o aplicativo de conversas online WhastApp, de Zap Zap. Essa mesma pessoa tem o hábito de perguntar, sempre que te vê, pouco importa o intervalo de tempo, as mesmas coisas, embora você dê sempre a mesma resposta ou faça aquela cara de “por que eu?”. 😔 Sacou, certo? Por isso digo que existem indivíduos com alma de tia velha. “Nossa, você não vai se casar?”; “Não tira a cara desse telefone do demônio, maldito Zap Zap!”; “quer mais pudim?” (Entenda-se por pudim uma gosma roxa, com cara de vômito, que você delicadamente jogou na planta; enquanto a coitada vai morrendo, sua esperança de sair da situação, sem ter de encarar outra tigela de meleca atômica, cresce!); “você trabalha em casa? Se tá desempregado, por que não presta um concurso público?”; ___________________________ – escreva aqui a sua opção, com certeza você já cruzou na vida com aquela pessoa com alma de tia velha!!! Cuidar da própria vida ninguém quer, não é mesmo!!! 😒😴

Enquete: como faz pra chegar no Facebook? O que é Instagram? 

NÃO FUMO maconha, não insista!

Imagine uma pessoa chocada! Com cara de minha mãe, meu pai, menus cinco irmãos e minha avó cega morreram em um acidente de carro! Imaginou? Então, essa é a cara que as pessoas fazem quando digo que NÃO fumo maconha, nunca fumei e, se o sangue de Gezuis tiver poder, nunca fumarei. Coxinhas, esquerdistas, artistas, desempregados, alternativos e empresários, a cara de indignação é sempre a mesma. Por que? Não pode não fumar? Pelo visto não. Depois do choque, vem a ladainha, a tentativa de conversão: mas você não curte porque nunca fumou, não sabe aproveitar a vida, não faz mal, é mais saudável do que cigarro ou cerveja, só vai te deixar feliz. E eu, quieta, só ouvindo. E vai progredindo para as ofensas – não sempre, mas com uma certa frequência: por isso você tem essa cara feia, é mal amada, não se diverte, não tem vida, sua ridícula! E eu, quieta. E segue com o combate ao meu moralismo, mesmo sem ter dito nada: você não fuma, não vem impedir quem fuma; nunca experimentou e fica demonizando quem fuma, não atrapalha a alegria dos outros! E eu, quieta. E continua: você bebe? Trepa? Pelo jeito não tem vida! E eu, quieta. Aí, com minha síndrome de Chaves, que sempre fala as verdades na hora errada, digo finalmente: não preciso levar um tiro para saber que dói! Aí é melhor pedir escolta policial porque os maconheiros perdem a linha: tá comparando fumar unzinho com levar um tiro? Tiro você levou nessa cara horrível que tem e todo o blá, blá, blá maduro que a situação exige! E eu, quieta! Não sou contra a maconha, sou contra EU fumar maconha, não gosto e não tenho interesse em experimentar. Bebo igual um gambá, então, não seria moralista com maconha. Não cheiro, não fumo cigarro, não uso nada além das biritas. Por dois motivos: droga é muito caro e, além de ser pão duro, não gosto de ficar fora do meu controle e não preciso de drogas para me soltar, para ser feliz. Tenho profundos problemas respiratórios e até o perfume Dior me faz mal, imagina uma maconha misturada com tudo que é porcaria e que ainda, alimenta o tráfico de drogas. Não, obrigada! Prefiro gastar meu dinheiro e queimar meus neurônios com teatro, livros, cinema,… Mas veja bem, EU prefiro, tô andando e cagando para o que os outros preferem. Pode fumar, cheirar, comer, lamber, vai fundo, só não me convide nem me julgue e, muito menos, tente me converter ao maconhismo! NÃO QUERO e sou muito feliz assim!! Até acho que deveria ser legalizado e o governo deveria cobrar rios de impostos sobre sua produção e comercialização. Somos adultos e independentes, cada um sabe do seu vício!!! Sacou ou quer que desenho? 😎😘😷🙋🏻👎🏻🌿

Enquete: quando você vai começar a aproveitar a vida é fumar unzinho? Fuma aí, caralho! Moralista da porra, vai fumar ou não vai?